Blog

Blog Ana Morais Edu

A indústria da loucura

Como a indústria farmacêutica e o marketing médico e de serviços têm levado milhares de pessoas à beira da loucura (ou a acreditar nela), especialmente as mulheres. Louca não! Louca não! É assim que uma influenciadora mirim brinca coma cultura da loucura feminina na redes sociais, lançando um olhar bem humorado sobre um tema críticoContinuar lendo “A indústria da loucura”

Competência 5 – Cultura Digital

BNCC – “Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva.” (BNCC, 2018) Para as novas gerações a culturaContinuar lendo “Competência 5 – Cultura Digital”

Competência 4 – Comunicação

Competência geral 4 BNCC Comunicação – Utilizar diferentes linguagens – verbal (oral ou visual-motora, como Libras, e escrita), corporal, visual, sonora e digital –, bem como conhecimentos das linguagens artística, matemática e científica, para se expressar e partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos em diferentes contextos, além de produzir sentidos que levem ao entendimento mútuo.Continuar lendo “Competência 4 – Comunicação”

Competência 3 – Repertório cultural

Competências na BNCC 3 – Repertório Cultural – Valorizar e fruir as diversas manifestações artísticas e culturais, das locais às mundiais, e também participar de práticas diversificadas da produção artístico-cultural. O repertório cultural é um fator importante para o desenvolvimento de toda pessoa em sociedade. Ela se relaciona com as capacidades de compreender significados sociaisContinuar lendo “Competência 3 – Repertório cultural”

Competência 2 – Pensamento Científico, Crítico e Criativo

Competências da BNCC 2. Pensamento Científico, Crítico e Criativo – Exercitar a curiosidade intelectual e recorrer à abordagem própria das ciências, incluindo a investigação, a reflexão, a análise crítica, a imaginação e a criatividade, para investigar causas, elaborar e testar hipóteses, formular e resolver problemas e criar soluções (inclusive tecnológicas) com base nos conhecimentos dasContinuar lendo “Competência 2 – Pensamento Científico, Crítico e Criativo”

Competência 1 – o Conhecimento

Competências da BNCC 1.Conhecimento — Valorizar e utilizar os conhecimentos historicamente construídos sobre o mundo físico, social, cultural e digital para entender e explicar a realidade, continuar aprendendo e colaborar para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva. Fonte: MEC A questão do conhecimento é alvo de variados estudos desde a fundação daContinuar lendo “Competência 1 – o Conhecimento”

Emprego e juventude: consequências para empregabilidade de jovens e pessoas maduras

A anos que a sociedade ocidentalizada vem enfrentando um dilema brutal: ao mesmo tempo em que muitas populações confirmam a tendência ao envelhecimento populacional, cresce na mesma proporção o culto à juventude e o endeusamento de aparências jovens como preponderantes nas mídias e demais representações imagéticas atuais.  No campo laboral o conflito se confirma eContinuar lendo “Emprego e juventude: consequências para empregabilidade de jovens e pessoas maduras”

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Mais posts

O desafio de se tornar digital

Tantas mudanças aconteceram socialmente nos últimos 20 anos, a tecnologia, as novas revoluções do conhecimento, a informática, a robótica, a nanotecnologia… Nesse sentido atravessamos um século de inúmeros avanços e descobertas onde a tecnologia e a  ciência  significam cada vez mais em termos de soluções e possibilidades de interação entre as ciências. É um novoContinuar lendo “O desafio de se tornar digital”

O que é um especialista?

Na atualidade vemos constantemente profissionais que se auto proclamam especialistas em alguma coisa. Desde as mais simples funções até o nível estratégico, do clássico vendedor até os níveis mais elevados de executivos, há especialistas em áreas do conhecimentos científico, sub áreas e também (uma novidade) especialistas em partes de funções ou ate mesmo em atividadesContinuar lendo “O que é um especialista?”

A idade da razão – ou a cruel perversidade brasileira com profissionais maduros.

Muito interessante iniciarmos uma reflexão sobre as oportunidades laborais para as pessoas maduras ou com mais de 40 anos no Brasil. Quero contribuir aqui com alguns pontos para esse debate, especialmente no que se refere às mulheres e às super exigências que elas enfrentam desde a entrada no mercado até a saída, por vezes desanimadoras.InicialmenteContinuar lendo “A idade da razão – ou a cruel perversidade brasileira com profissionais maduros.”

Educação e Poder – caminhos dos domínios da economia do conhecimento

Apesar da difusão dos ideais iluministas da solidariedade e da igualdade e da crescente tentativa de democratizar o conhecimento, constatamos decepcionados que na atualidade há um inegável aumento do apelo individualista e das tendências de uma sociedade cada vez mais orientada para o egocentrismo. É interessante como o espírito do individualismo enraizou-se facilmente na culturaContinuar lendo “Educação e Poder – caminhos dos domínios da economia do conhecimento”

O que são soft skills – todos querem saber!

Muito se tem ouvido falar e lido sobre as soft skills. Uma das dimensões da competência são as habilidades, elas são a parte relacional, humana das competências.As habilidades de relacionamentos são em geral muito impactantes pois podem vir a determinar a qualidade dos relacionamentos profissionais , ou mesmo  caracterizar o modo como as pessoas podemContinuar lendo “O que são soft skills – todos querem saber!”

A importância do brincar para o desenvolvimento infantil

Na atualidade, em meio às drásticas apelações dos mecanismos de interação eletrônica, não é raro vermos crianças e adolescentes absorvidos quase que completamente pelos dispositivos e celulares.Já estão disponíveis vários estudos sobre os impactos do uso exagerado de tablets e celulares na primeira Infância (OMS, UNESCO, Sociedade Brasileira de Pediatria) e outros estudos estão em curso para avaliar os impactosContinuar lendo “A importância do brincar para o desenvolvimento infantil”

Siga meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: